Para estimular o turismo, 2ª edição do Festival da Pamonha acontece em Cuiabá

0
222

A segunda edição do Festival da Pamonha da Comunidade Rio dos Peixes, será realizado entre os dias 27 de abril e 1º de maio. O festival foi o tema da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Cuiabá na terça-feira (16) e tem como objetivo estimular o turismo, a preservação ambiental e a agricultura familiar na região.

Feita de milho, ela pode ser doce, salgada, recheada ou pura. Famosa em Goiânia e no Nordeste, tem também muitos adeptos em Mato Grosso. Pensando nisso, a prefeitura de Cuiabá por intermédio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, decidiu promover o Festival.

Convidados pelo vereador Dilemário Alencar (PROS), os idealizadores do festival, Valdivino de Oliveira e Joelson Marques, falaram sobre os preparativos para a festividade. “A nossa associação foi criada com o objetivo de recuperar o Rio dos Peixes, que estava muito degradado, e de fomentar o turismo e a agricultura familiar nessa região. É um local muito rico para o ecoturismo e temos recebido visitantes de todos os cantos do Brasil”, disse Joelson, presidente da Associação dos Proprietários de Chácaras situadas às margens do Rio dos Peixes e Adjacências.

“Comecei em Rio dos Peixes em 1991. Quando cheguei, fiz uma horta ali na beira da rodovia e comecei a plantar o milho. Agora estamos ali com a família e com mais outros amigos que chegaram, mas a pamonha ainda é a mesma, tem o mesmo sabor daquela comida de roça, tradicional”, complementou ‘seu Divino’.

Na mesma sessão, Dilemário apresentou um projeto de lei fixando o Festival da Pamonha no calendário oficial de eventos do município de Cuiabá. O Festival da Pamonha foi criado em 2018, com o objetivo de fomentar a economia local e criar opções de passeios turísticos pela região.

“É uma forma de eles terem melhores condições de ter apoios oficiais da prefeitura, do governo do Estado e também da iniciativa privada. Esse festival é cultura, é uma forma de gerar renda e de valorizar aquele lugar maravilhoso que é Rio dos Peixes. E essa comunidade está precisando também de uma atenção da Prefeitura na manutenção da escola, na sinalização do trânsito e na infraestrutura”, explicou o vereador.

A comunidade Rio dos Peixes é passagem obrigatória para quem viaja de Cuiabá a Chapada dos Guimarães. Com mais de 70 anos de existência, a comunidade surgiu como um ponto de parada com bares e restaurantes.

“Na primeira edição do festival que ocorreu no ano passado foi comercializada mais de oito mil pamonhas. Então, você que gosta de comer uma boa pamonha, um bom curau, não pode deixar de estar na comunidade do Rio dos Peixes. O festival, além das delícias do milho, ajuda a fomentar o comércio e o turismo daquela comunidade. Por esse motivo, vou apresentar um projeto de lei para inserir o Festival da Pamonha do Rio dos Peixes no calendário oficial dos eventos de Cuiabá, como uma forma do poder público estadual e municipal reconhecer esse evento como cultural e ajudar para a sua realização todos os anos”, concluiu Dilemario.

Serviço

Festival da Pamonha
Quando: 27 de Abril à 1º de Maio
Onde: Comunidade Rio dos Peixes, Rodovia Emanuel Pinheiro KM 23
Horário: Das 08h às 18h.

Da Redação: Gabriela Von