Orquestra de Mato Grosso realiza apresentações  no Espaço CDL; ingresso um 1 kg de alimento

0
248
Uma homenagem aos mestres da Música Armorial em agosto, nos Concertos Oficiais da Orquestra de Mato Grosso, dias 21 e 22 (sexta e sábado), no Espaço CDL Cuiabá, sempre às 20h.
 Ingresso social, 1kg de alimento não perecível entregue no local dos concertos, a partir das 19h. 
Com repertório defendido por compositores engajados no Movimento Armorial, os concertos deste mês exibem a Música Armorial de Guerra Peixe, Capiba, Zoca Madureira, Clóvis Pereira e Jarbas Maciel em uma adaptação livre de “A farsa da boa preguiça”, peça escrita por Ariano Suassuna, representante máximo do Movimento Armorial, criado nos anos 70.
À época, Suassuna definiu a ideia como um movimento que pretende realizar uma arte brasileira a partir das raízes populares da nossa cultura. Adaptada pelo diretor cênico Sandro Lucose e pelo maestro Leandro Carvalho, “A farsa da boa preguiça” traduz com maestria o conceito criado pelo dramaturgo pernambucano há quase meio século.
No espetáculo, a Orquestra de Mato Grosso conta com a participação dos atores Thyago Mourão, Daniela Leite, Karina Figueredo e Sandro Lucose que se revezam na interpretação dos personagens idealizados por Suassuna. Na trama, o poeta Joaquim Simão se vê em meio a dilemas que externam três de suas principais fraquezas: preguiça, poesia e mulher.
 “A farsa da boa preguiça” foi escrita em 1960 e tem muita representatividade nas intenções do Movimento Armorial. Considerada uma das obras primas de Suassuna, o texto faz elogio a preguiça, ou como melhor define seu autor, “um elogio ao ócio criativo”. Foi escrita apenas três anos após o “Auto da Compadecida” e manteve os mesmos elementos estéticos, aprofundando sua busca na cultura popular e fonte inesgotável para o teatro erudito brasileiro. 
“Uma história divertida e atemporal, com a linguagem característica de um dos maiores defensores da cultura popular brasileira de todos os tempos. Um espetáculo guiado pelo encanto da Música Armorial e pela genialidade do texto de Suassuna”, adianta Leandro Carvalho.
Criada em 2005, a Orquestra é uma realização do Governo do Estado de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer. Suas três principais séries de concertos – Oficiais, Didáticos e Populares -, são realizadas em conjunto com o Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo a Cultura e têm os patrocínios do Grupo André Maggi,  Agro Amazônia Soluções Integradas e Agro Amazônia Produtos Agropecuários. A Temporada 2015 conta ainda com o apoio cultural da TV Centro América, Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso, Ruhling Consultoria Corporativa, Amazon Plaza Hotel, Fisk Inglês e Espanhol, Localiza e Soul Propaganda.
Serviço  
 – CONCERTOS OFICIAIS da ORQUESTRA DE MATO GROSSO
A Farsa da Boa Preguiça
21 e 22 de agosto (sexta-feira e sábado) às 20h
Espaço CDL Cuiabá ( Anfiteatro Adão Flores)
(Rua Cândido Mariano nº 775, Centro, Cuiabá-MT (esquina com a R. Marechal Deodoro))
Informações (65) 3027-1824
Ingresso social: 1kg de alimento não perecível
Pontos de troca: Espaço CDL Cuiabá, dias 21 e 22 de agosto, a partir das 19h
Da Redação