Exposição sobre o Egito acontece em  Cuiabá

0
583

Exposição sobre Egito desbravado por Napoleão Bonaparte chega a Cuiabá
O Itaú Cultural, em parceria com a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do governo de Mato Grosso, abre na próxima quarta-feira (17), na Galeria Lava Pés, em Cuiabá, a exposição ‘O Egito Sob o Olhar de Napoleão’, na Coleção Itaú Cultural. Com curadoria do arqueólogo Vagner Carvalheiro Porto, a mostra reúne 21 livros da publicação Description de l’Égypte (Descrição do Egito), resultado da expedição de desbravamento do Egito, comandada pelo general Napoleão Bonaparte entre 1798 e 1801.

Ao enviar àquele território 167 estudiosos entre cientistas e artistas franceses, Bonaparte possibilitou a documentação – por meio de gravuras e textos – da arquitetura, os monumentos, a flora e fauna, assim como topografia, costumes, comércio, infraestrutura do lugar. A mostra fica em cartaz na cidade até o dia 28 de junho.

Na terça-feira (16), véspera da abertura, o curador Vagner Carvalheiro Porto comanda uma palestra sobre o tema no Cine Teatro Cuiabá, às 19h. A programação é aberta a todos os públicos.

Em Cuiabá

Para a montagem em Cuiabá, Vagner Carvalheiro Porto compôs 11 módulos temáticos a partir dos 21 volumes selecionados de Description de l’Égypte. Nestes, textos e gravuras abordam os assuntos que percorrem os livros da coleção: Cartografia, O cosmo no Antigo Egito, Divindades egípcias, Os egípcios e a morte, O Egito dos faraós, Arquitetura do Egito faraônico, Paisagens do Egito Antigo, Egito de muito povos, Egito Moderno: arquitetura muçulmana, Cultura muçulmana: entre as artes e os ofícios, e História natural.

Com expografia assinada pelos arquitetos Isa Gebara e Tiago Guimarães, o espaço expositivo propõe um circuito no qual os livros são expostos em vitrines de vidro, para que, além das gravuras, os visitantes percebam também os livros como obras de arte. Assim, do acervo selecionado para a mostra, 13 livros de gravuras são dispostos abertos, em vitrines individuais, enquanto oito grandes livros de texto, posicionados fechados e em pé, numa espécie de carrossel, compõem uma única e grande vitrine.

A exposição traz, ainda, um recurso inédito dentro da série de itinerâncias de O Egito Sob o Olhar de Napoleão, na Coleção Itaú Cultural: animações sobre as pirâmides e sobre o processo de mumificação, que proporcionam ao público mais uma forma de interação com o fascinante universo egípcio, assim como foi visitado por Napoleão e sua comitiva.

Sobre a obra

Publicada em Paris entre 1809 e 1822, a coleção Description de l’Egypte descreve a expedição liderada pelo general Napoleão Bonaparte àquele país do Oriente entre 1798 e 1801. A obra é reconhecida como o mais importante estudo erudito europeu do Egito antigo e moderno.

A viagem que Bonaparte fez em 1798 para o Egito, contou com uma comitiva de 167 estudiosos, entre artistas, arquitetos, astrônomos, geógrafos, químicos, engenheiros de várias especializações, matemáticos, economistas, médicos, botânicos, zoólogos, orientalistas, escritores e intérpretes. A proposta era explorar e documentar sistematicamente vários aspectos da região – a arquitetura, os monumentos, a flora e a fauna, a topografia, os costumes, o comércio e a infraestrutura. Apoiado por Napoleão Bonaparte, esse seleto grupo de cientistas, engenheiros, cartógrafos, matemáticos, linguistas e artistas serviu à missão política da expedição ao fornecer informações detalhadas para que os franceses pudessem conquistar e governar o Egito.

SERVIÇO

Data: dia 17 de abril (quarta-feira), às 20h
Visitação: 18 de abril a 28 de junho
Horário: de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h
Classificação indicativa: livre
Entrada: gratuita
Endereço: Galeria Lava Pés – Avenida José Monteiro de Figueiredo, 510. Goiabeiras.