Por R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia), Cine Teatro Cuiabá exibe filmes que conquistaram público e crítica

A partir da terceira semana de março, o Cine Teatro Cuiabá integrará a capital de Mato Grosso ao circuito exibidor da Sessão Vitrine Petrobras, lançando um filme a cada mês. O projeto realiza a distribuição coletiva de filmes brasileiros, incluindo coproduções internacionais, exibindo um recorte da produção audiovisual contemporânea. Como atividade preparatória, de 23 de janeiro a 13 de março, sempre às terças-feiras, às 19h30, o CTC exibe filmes recentes do catálogo da Vitrine Filmes que conquistaram público e crítica no Brasil e no mundo.

A programação irá contemplar sete obras cinematográficas. A iniciativa tem o intuito de levar ao público um cinema de qualidade e original, que retrata a cultura do país e se destaca em festivais brasileiros e internacionais.

O primeiro título a ser exibido no CTC é o longa ‘O Filme da minha vida (2017)’, com direção de Selton Mello. O filme conta a história do jovem Tony Terranova ao precisar lidar com a ausência do pai, que deixou a ele e a sua mãe para voltar a viver na França. Professor de francês num colégio da cidade, ele convive com os conflitos dos alunos. Apaixonado pelos filmes que vê no cinema da cidade, Tony faz do amor e do cinema suas grandes razões de viver. Até que a verdade sobre seu pai começa a vir à tona e o obriga a tomar as rédeas de sua vida.

No mercado há sete anos, a Vitrine Filmes criou a Sessão Vitrine em 2011. Desde a primeira edição, o projeto foi reconhecido por realizadores, público, críticos e demais agentes do audiovisual, sendo eleito o melhor evento cinematográfico do ano pela Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro.

Os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia), cobrados como taxa de manutenção dos equipamentos.

O Cine Teatro Cuiabá é um equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), administrado via contrato de gestão compartilhada pela Associação Cultural Cena Onze.

Confira a programação completa:

23/01: O filme da minha vida (2017) – Classificação 14 anos

30/01: As duas Irenes (2017) – Classificação 14 anos

06/02: Corpo elétrico (2017) – Classificação 16 anos

20/02: Pendular (2017) – Classificação 18 anos

27/02: Fala comigo (2016) – Classificação 16 anos

06/03: Olho nu (2012) – Classificação 16 anos

13/03: Divinas Divas (2016) – Classificação 16 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *