Grupo Flor Ribeirinha levará para SP espetáculo mundial – Mato Grosso Dançando o Brasil

0
41

O grupo Flor Ribeirinha de São Gonçalo Beira Rio, se apresenta nos próximos dias 30 e 31 de março e também no dia primeiro de abril, no teatro J. Safra, localizado na Barra Funda, na capital paulista. O grupo levará o espetáculo Mato Grosso Dançando o Brasil, que homenageia as danças das regiões brasileiras Norte, Nordeste, Sudeste e Centro Oeste. Este é o espetáculo que venceu o maior festival de folclore do mundo, realizado em agosto do ano passado na Turquia, quando o grupo Flor Ribeirinha se consagrou campeão, trazendo para Mato Grosso e para o Brasil, o troféu de ouro, que foi disputado com mais de 30 países.

O diretor artístico e coreógrafo do Flor Ribeirinha, Avinner Augusto, frisou que as apresentações em São Paulo estão programadas para sexta-feira, ás 21.30h, sábado ás 21h e domingo ás 20h, na semana santa, no mesmo palco onde acontecem espetáculos com renomados artistas nacionais e internacionais. Ele explica que o espetáculo Mato Grosso Dançando o Brasil, reúne músicos, dançarinos e outros artistas que fazem performances no palco. Trata-se de uma grande produção, com figurinos coloridos e também adereços. “O grupo encena as danças tradicionais brasileiras, num majestoso espetáculo com várias nuances, ritmos e gestualidade, compondo um repertório de possibilidades, dentre os quais estão o boi bumbá, oriundo do Norte, a dança gaúcha, uma forte expressão cultural do Sul, o frevo do Nordeste e o siriri cuiabano enraizado na comunidade de São Gonçalo beira rio, representando o Centro Oeste, além do samba contagiante do Sudeste do Brasil. Este espetáculo busca homenagear a cultura dançante do povo” assinalou.

A fundadora e presidente do Flor Ribeirinha, Domingas Leonor, ressaltou que mais uma vez, o grupo rompe fronteiras para mostrar a cultura em outro Estado. Conforme Domingas, a conquista do prêmio mundial abriu novas portas e representou um marco na vida do Flor Ribeirinha e na história da cultura. “Fazer parte deste momento é especial e gratificante para mim. Osiriri embala os nossos corações, assim como as culturas regionais do norte, nordeste e do sul do país. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas, nos dedicamos a preservação e buscamos mostrar a beleza e a força da nossa cultura”, disse ela.

Mato Grosso Dançando o Brasil no contexto da musicalidade reúne os diferentes ritmos e garante a harmonia no palco, é o que disse o diretor musical do grupo Flor Ribeirinha, Edmilson Maciel. Na sua avaliação, o que predomina nas apresentações é a dança e a musicalidade das diversas regiões brasileiras.

Já o diretor Executivo da Associação Cultural Flor Ribeirinha, Jeferson Guimarães Rosa, enalteceu a dedicação da equipe, envolvendo a produção, dançarinos, músicos e a direção, que garante o sucesso dos espetáculos. “Foi com este empenho que o grupo venceu a competição no Festival Internacional de Arte e Cultura de Buyukçekmece, na Turquia. “O resultado alcançado nas apresentações muitas vezes surpreende as nossas expectativas. Isto se constata pela reação do público presente. Temos muito orgulho em mostrar a nossa cultura”, concluiu.
Fonte: Da Assessoria