FIT Pantanal lança programação de palestras, paineis e encontros paralelos

Fit-Pantanal.jpg

Foto:Reprodução

A Feira Internacional de Turismo do Pantanal (FIT), que acontece dos dias 20 a 23 de abril no Centro de Eventos do Pantanal, terá uma programação extensa. Palestras, oficinas e painéis serão realizados durante todo o evento.

Sob o tema “Sustentabilidade para o Desenvolvimento do Turismo”, a feira terá ciclos de palestras do Centro de Pesquisas do Pantanal (CPP), sobre, por exemplo, o “Turismo como estratégia de Sustentabilidade para o Pantanal” e as “Tendências Turismo 2017”.

Além disso, haverá palestras realizadas pelo Senac, divididas em Oficinas do Pavilhão das Nações (de gastronomia) e no Piso das Águas, de ‘Recepcionista de Eventos’. O Sebrae chega com painéis sobre “Gestão de Áreas de Conservação com Uso Turístico”, “Perfil do Turista Atual” e outros.

Por fim, o ‘Seminário para Desenvolvimento do Turismo da Pesca Esportiva de Mato Grosso’ vai discutir “A proibição do dourado e o impacto na pesca esportiva de Cáceres”, “O impacto do turismo de pesca no pantanal em Corumbá” e outros.

FIT Pantanal

Promovida pelo Governo do Estado e pelo Sindicato das Empresas de Turismo/Sindetur, a Feira deve unir todos os segmentos da economia movimentados pelo setor turístico. A expectativa é receber 100 mil pessoas nos quatro dias de evento.

Jaime Okamura, coordenador da feira, explica que o tema foi escolhido em congruência com o Ministério do Turismo, que elegeu 2017 como o ‘Ano do Turismo Sustentável’, e também por causa do próprio perfil de Mato Grosso. Outro foco do evento, segundo ele, é consolidar a feira no calendário nacional e internacional de turismo. “Sustentabilidade, econômico, social e ambiental serão os pilares fortes da FIT Pantanal” observou.

A Feira vai custar aos cofres do estado em torno de R$1,8 milhão, R$400 mil a menos que ano passado. A FIT buscou parcerias para consolidar o projeto, como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Serviço Nacional do Comércio (Senac), a Federação do Comércio e outras entidades.

“A FIT Pantanal, sem dúvida será uma grande vitrine. Teremos ainda encontros como o da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), a entidade pioneira do turismo nacional, além de várias operadoras e delegações da América do Sul, que vão divulgar as nossas potencialidades. A meta é levar a imagem de Mato Grosso para outros estados e países”, afirmou Luiz Carlos Nigro, secretário adjunto de turismo de Mato Grosso.

Além das palestras, a feira terá painéis temáticos, fóruns, reuniões, rodadas de negócios, festivais de gastronomia, artesanato e as apresentações culturais.

Para Oiran Gutierrez, presidente do Sindicato das Empresas de Turismo/Sindetur, a FIT Pantanal terá uma grande importância para o setor, pois vai destacar Mato Grosso no cenário nacional e internacional.

Confira a programação completa na galeria. Mais informações no SITE.

Da Redação-Gabriela Von Eye

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *