Exposição retrata paisagens de Cuiabá desde o século 19

Exposição-Cuiabá-red.jpg

Em comemoração aos 298 anos da capital mato-grossense, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) realiza a exposição “Cuiabá Nosso Patrimônio”, que está aberta ao público até o dia 17 de abril no prédio do “Ganha Tempo”, centro da capital.

São 44 ilustrações que retratam paisagens e prédios, contextualizadas pelo historiador Paulo Pitaluga.

A mostra traz ao público ilustrações do arquiteto Moacyr Freitas, em grafite, e coloridas por profissionais do Instituto Memória da Assembleia Legislativa. A primeira exposição com essa homenagem foi registrada em 1997, já com a descrição de Pitaluga.

Já entre os patrimônios eternizados pelo arquiteto Freitas estão o Arsenal de Guerra, atualmente Sesc Arsenal, a antiga Igreja Matriz, a Casa Orlando, localizada no Centro Histórico e a linha do bonde da Rua 13 de Junho. Segundo a representante do Instituto Memória da ALMT, Isis Catarina Brandão, a exposição traz as paisagens naturais e arquitetônicas desde 1800. “São igrejas, casarões construídos desde o período do Brasil Colônia. Alguns resistiram ao tempo e outros já foram demolidos”, destaca Ísis.

“Cuiabá Nosso Patrimônio” é uma realização do Instituto Memória da Assembleia Legislativa, em parceria com a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas), acessível gratuitamente ao público, de segunda-feira à sexta-feira, das 7h30 ás 18h30, na sede do “Ganha Tempo”. O mesmo trabalho será disponibilizado, especialmente no dia 07 de abril, à Escola Municipal de Ensino Básico (EMEB) Clóvis Hugueney Neto, no bairro Altos do Parque, em Cuiabá.

Outra ação da Assembleia Legislativa em alusão aos 298 anos de Cuiabá é a exposição “Cuiabá 300 anos, Redescobrindo o Coxipó do Ouro”. A mostra, que também esteve no espaço do “Ganha Tempo”, será apresentada no próximo sábado (08), dia de aniversário de Cuiabá, na Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida, no bairro Jardim Novo Colorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *