Com vagas para transexuais e sem exigir altura mínima, Miss Cuiabá abre inscrições

0
195
Na foto: Nicole Guedes Viegas, Miss Cuiabá 2014

As inscrições para o concurso Miss Cuiabá já estão abertas e termina no dia 23 de outubro de 2018. O regulamento da competição deste ano traz três novidades, a idade mínima passou a ser 19 anos, não existe mais mínimo de altura, e mulheres transexuais, operadas, também podem participar.

Na foto: a espanhola Ângela Ponce foi a primeira trans a disputar (e vencer) um concurso de Miss. Foto: Reprodução / Facebook

Segundo o coordenador do evento, Warner Willon, todas as mudanças vêm como consequência do empoderamento feminino. Warner faz o concurso de Miss no estado de Mato Grosso desde 1989. “Este é o concurso que elegeu Marta Rocha, Vera Fisher, e é o concurso que elegeu as três Misses Brasil de Mato Grosso”, conta.

Sobre a abertura para candidatas transexuais, o coordenador explica que a possibilidade já estava no regulamento do Miss Universo desde 2015, mas neste ano a regra se tornou obrigatória para todos os concursos de miss Be Emotion. “O conceito é muito importante. Precisamos emocionar o público, trazer novos espectadores, mais jovens. Apresentadores com textos dinâmicos e atuais. O concurso tem que ter um chamariz. (…) Porque a Espanha elegeu uma trans? Além de ser muito bonita, ela vai dar muita mídia pro Miss Universo”, comenta. Ele, inclusive, afirma que gostaria que alguma mulher transgênero se inscrevesse para o Miss Cuiabá. “Seria muito bom, porque não? Porque se passou por uma experiência, por uma cirurgia, está adequada espiritualmente e fisicamente, porque não? Eu gostaria”.

No regulamento anterior, a altura mínima era de 1,68 metros. Agora, não há mais altura mínima. “Estes padrões rígidos de beleza caíram. Porque beleza é uma coisa subjetiva, e o que às vezes me encanta, não encanta você… então eles deixaram tudo muito claro. Tem que ser uma candidata bonita e que tenha embasamento”, afirma.

Para Warner, a miss tem que ser “longilínea, mas tem que ter curvas. Bumbum, pernas bonitas, seios, tem que ser uma mulher bonita”. Em relação ao que o concurso procura, ele completa: “A nova miss é uma mulher que tem personalidade, atitude, opinião, e que valoriza sua beleza única a estilo próprio. Ela deixa de ser a mulher passiva, antiga, a moça bela e ingênua, para dar lugar a uma mulher contemporânea, ativa, cuja beleza é conjunto formado por seus atributos físicos e atitude, opinião e personalidade. Ela é uma mulher contemporânea, real, tangível. Ela deve ter, além de seus atributos físicos, carisma e muita simpatia. Deve ser alguém que se envolva em projetos sociais, e se interesse verdadeiramente pelas questões de seu país. Uma mulher pronta, que transite do universo mais simples ao mais sofisticado. Buscamos uma miss preparada culturalmente, que tenha capacidade de discutir assuntos de interesse geral, e que seja comprometida com seu reinado. É isso que o Miss Cuiabá busca”.

Outra mudança se dá em relação aos jurados. Neste ano, serão no máximo nove no concurso de Miss Cuiabá, todos ligados à beleza, e sem nenhum tipo de relação com as misses. A escolha da Miss Cuiabá acontece no dia 23 de novembro, no Cine Teatro de Cuiabá, e tem como patrocinadores Doutor Eduardo Sauter, cirurgião plástico, Instituto Tetilla com Doutor José Renato (estética bucal), clínica La Renovence, o nutrólogo Marcelo Antônio e o Studio 202.

As vinte e cinco candidatas passarão por diversos encontros antes do dia do concurso. Todos eles serão realizados no Goiabeiras Shopping. “Vai ter encontro com a colorista Ste Rosa, que dará dicas de cores para as candidatas usarem no vestido, workshop de Stiletto e passarela, aulas de maquiagem e palestra com psicóloga vocacional”, explica a assessora jurídica, Nadeska Calmon. As candidatas desfilarão em biquíni, traje casual e de gala.

Quem for a vencedora deste concurso, ganha R$5 mil e ajuda na preparação odontológica e estética para o Miss Mato Grosso, além de estar presente nas festividades dos 300 anos de Cuiabá, e ser a candidata dos 60 anos do concurso na capital. A patronesse do evento é a Primeira Dama Márcia Pinheiro.

O Miss Mato Grosso Be Emotion acontece em 14 de fevereiro de 2019, e o Miss Brasil Be Emotion, em 09 de março de 2019.

História
Os concursos de Misses eram realizado pelos Diários Associados. Em Cuiabá não havia Diários Associados, então, na década de 50 e 60, quando ainda não havia internet, o concurso era feito um ano em Campo Grande, outro em Cuiabá, outro em Corumbá.

Depois da divisão do estado, Mato Grosso passou alguns anos somente indicando candidatas. A primeira Miss Mato Grosso eleita Miss Brasil foi Márcia Gabriele, em 1985. Ela era uma carioca que veio morar em Cuiabá, e concorreu a Miss Cuiabá e perdeu. Depois, concorreu a Miss Mato Grosso por Barão de Melgaço, e foi eleita Miss Brasil em 1985.

A miss Brasil 2000, Josiane Kruliskoski, era representante de Sinop. Ela foi semifinalista no Miss Universo, na Ilha de Chipre. Em 2013, Jakelyne Oliveira foi a terceira mato-grossense a vencer o concurso nacional. Ela ficou em quinto lugar no Miss Universo Moscou, e até hoje, desde 2013, não houve outra brasileira que pegasse essa classificação.

Inscrições
Quem quiser participar do Miss Cuiabá deve se inscrever por telefone com Nadeska Calmon, pelo (65) 99999-4200. A candidata deve ter entre 19 e 26 anos e ser solteira.

Serviço
Miss Cuiabá
23 de novembro
Cine Teatro
Inscrições: (65) 99999-4200.

Fonte:assessoria