‘Circuito Cultural Setembro Freire’ começa com lançamento de livro

livrosetfreire.jpg

A quarta edição do ‘Circuito Cultural Setembro Freire’ começa em Cuiabá nesta quarta (2), às 20h, no Palácio Paiaguás, que homenageia o poeta e artista Wlademir Dias-Pino.
Na mesma ocasião, será lançada a obra “Literatura, Vanguardas e Identidades: nas brenhas do regionalismo”, de Mário Cezar Silva Leite. Neste livro, o autor observa a história da literatura produzida em Mato Grosso na segunda metade do século XX.

“O foco central é a obra do escritor Benedito Sant’Ana da Silva Freire, mas devo dizer que o meu entendimento de poética é mais amplo que poesia ou poema. Trato enquanto poética todo o conjunto, ou sistema, lítero-sócio-cultural em movimento que se organiza e organiza as forças em embates quer amistosas ou hostis em torno da arte literária”, explica Mário. O livro discute a construção da vanguarda regionalista a partir de Silva Freire e, claro, de Wlademir Dias-Pino.

A imagem da capa do livro é o poema “Cuiabá: em todas as direções” e a imagem da contracapa é o poema “Voragem”, ambos de Dias-Pino. Ambos os poemas mostram um diálogo na cultura cuiabana, relacionando-se com o nacional e o global e tentando ganhar legitimidade nestes três âmbitos.

“Este é meu sexto livro e algo que eu tenho muito orgulho é por ser o segundo com caráter individual. Os outros todos eu organizei coletando trabalhos de outras pessoas”, explica o autor. “Esse livro foi feito de forma historiográfica e crítica. Possui a história de Mato Grosso em conjunto com uma análise crítica-cultural”, destaca.

Sobre o Setembro Freire, Mário faz questão de dizer que se trata de um movimento cultural extremamente importante para a cidade e para o Estado. “Não há nada comparado com ele até agora e essa edição em particular é especial, pois coloca juntos dois grandes amigos e artistas: Silva Freire e Dias-Pino, que, por toda a vida trabalharam lado a lado. Isso congrega uma força cultural e intelectual muito grande em Mato Grosso”, garante.

O Circuito Cultural Setembro Freire é uma realização da Casa Silva Freire com o governo do Estado através da Secretaria de Estado de Cultura.

Performance

Acontece, também, no próximo dia 20 de setembro, a performance do poema “Rondon – Silêncio Orgânico de Flores”, de Silva Freire. A apresentação acontece no espaço da Casa Silva Freire, localizado nas esquinas das ruas 12 de Outubro e Pedro Celestino.

A ação é realizada por atores, bailarinos e músicos atuantes no cenário cultural de Mato Grosso, como Marília Beatriz Figueiredo Leite, Luiz Carlos Ribeiro, Wanda Marchetti, Thereza Helena, Claudete Jaudy, Raquel Mutzemberg, Lucas Koester,Daniela Leite, Carlos Ferreira, Yuri Missawa e Wiliam Kanashiro com direção geral de Luiz Marchetti e consultoria de Maurilia Valderez. A performance é uma homenagem a Rondon e Silva Freire e ao poeta e artista homenageado desta quarta edição do Setembro Freire, Wlademir Dias-Pino.

Serviço

O coquetel de lançamento da obra Literatura, Vanguardas e Identidades: nas brenhas do regionalismo acontece nesta quarta-feira (02) durante a abertura do Circuito Cultural Silva Freire no Palácio Paiaguás – Auditório Secretário Cloves Vettorato, às 20h.

A performance poema “Rondon – Silêncio Orgânico de Flores” acontece no dia 20 de setembro, na Casa Silva Freire.

Programação

Confira a programação completa no SITE e no Facebook Casa Silva Freire.

Da Redação com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *