Cine Teatro Cuiabá apresenta uma trama investigativa para chorar de rir

Vespa-Sete.jpg

Um espetáculo para chorar de tanto rir. Essa é a proposta do Grupo Gambiarra que retorna à cena, com o espetáculo Vespa Sete. As apresentações ocorrem na sexta-feira (27/10) e sábado (28), às 20 horas, no Cine Teatro.

Uma trama investigativa cheia de confusões leva ao palco personagens hilários, interpretados por quarteto bastante popular em Mato Grosso: Ivan Belém, Vital Siqueira, Demétrio Arruda e o estreante nos palcos, Messias Bruxo.

No cenário montado no Cine Teatro, uma sala típica cuiabana é cenário de muitos acontecimentos, de romance a um velório. O público coloca seu poder investigativo à prova para desvendar um crime ao melhor estilo “quem matou Odete Roittman”.

O núcleo de personagens traz quatro personalidades irreverentes. Condenado à prisão, Vespa 7 (Demétrio Arruda), conhece a assistente social, Ramona, no presídio e logo, se casa com ela. No entanto, encontra forte oposição da sogra, a professora Vitorina.

Vivida por Ivan Belém, a aposentada é fiel defensora da tradicional família brasileira, aparentemente, digamos assim. Vitorina vê seus planos de casamento para a filha ruírem com o romance indesejado. Deste modo, alimenta um ódio mortal por Vespa 7. A ingênua Ramona (Vital Siqueira), por sua vez, enfrenta a tudo e a todos para viver essa paixão.

A propósito, Vitorina vê um grande aliado no delegado Dr. Sandoval, que por sua vez, faz de tudo para atrapalhar o romance de Vespa e Ramona. Sobre o espetáculo, Ivan Belém declara: “Vespa 7 é uma comédia de costumes. Beirando à farsa, consegue fazer a plateia dar boas risadas de situações que poderiam ser dramáticas. Retorna aos palcos com a mesma atualidade e vigor”, declara.

O texto é do dramaturgo Luiz Carlos Ribeiro, adaptado de um conto de Tereza Albues (in memorian), ambos mato-grossenses de expressiva participação no cenário artístico regional

Vale ressaltar, essa é uma remontagem, da peça que foi carro-chefe da dupla Liu Arruda-Ivan Belém e estrelada por eles no final da década de 1980. O espetáculo integra o repertório do primeiro coletivo de teatro de rua de Mato Grosso, o Grupo Gambiarra, criado por Ivan Belém, no final dos anos 1970, como um grupo de teatro voltado à realização de espetáculos voltados ao público infantil.

Nos anos 1980 protagonizou um dos períodos mais férteis e criativos da cena no Estado, somando à sua formação, Liu Arruda, Meire Pedroso, Claudete Jaudy, Vital Siqueira – em cena na remontagem -, Mara Ferraz e Augusto Prócoro, dentre outros.

Ingressos à venda na bilheteria do Cine Teatro Cuiabá em horário comercial, até o sábado (28) e ainda, na Casa de Festas do Pantanal Shopping e Goiabeiras Shopping.

Fonte:Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *