Artistas realizam exposição “Flores da Chapada” em Cuiabá

Flores-da-Chapada-exposição-red.jpg

O projeto “Flores da Chapada” realizou registros fotográficos da flora e fauna do Cerrado mato-grossense para sensibilização da importância de conhecer e preservar o segundo maior bioma do Brasil. A exposição é a mais recente ação do projeto.

O geógrafo João Almeida, captou as fotos, mensalmente em 2015 e 2016, no Parque Estadual da Chapada dos Guimaraes. Ele priorizou inventariar a riqueza das espécies. Enfatizou o colorido único das flores do cerrado, e também caules, frutos, insetos polinizadores, visitantes e aracnídeos. O murmúrio das nascentes fotografadas vão levar ao coração dos expectadores a importância da preservação e proteção deste grande patrimônio biológico de nossa terra.

Ladeando as imagens, a exposição orna-se com as telas que brotam da sensibilidade dos artistas plásticos Gilda Portella, Yara Balster, Sonia Nigro e Éder Marques enriquecendo nosso olhar ao perceber as cores e a beleza do cerrado. Ao primeiro olhar, o cerrado parece uma paisagem seca, com poucos recursos naturais, sem beleza, com pouca vitalidade, mas a arte desses artistas, exibe outra perspectiva, transbordante de cores, formas, combinações que nos fazem amar e guardar na memória as flores do cerrado.

Para preservar é preciso conhecer. Assim, objetivo é também ecológico, visando conscientizar para sensibilizar pela arte.

Fotos e telas enunciam um bioma ainda poderoso, ainda forte, cobrindo parte do território mato-grossense. Mais que um ambiente de árvores retorcidas e castigadas pelo fogo é parte de nossa vida, nossa cultura.

Técnica e sensibilidade. Telas e fotos. Imagens que nos despertam para urgência da preservação, da fonte das águas cristalinas e sua vital componente do equilíbrio ecológico do planeta.

O evento acontece em Cuiabá, capital de MT, de 18 a 22 de setembro de 2017 das 8h às 16h no saguão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *